Psychological and clinical variables are associated with expression of β1- and β2-adrenergic receptors in oral squamous cell carcinoma

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-06-30

Autores

Sousa, Ana Lívia Santos [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Introdução: Estressores físicos e psicológicos têm sido relacionados à progressão tumoral por meio da ativação de receptores beta-adrenérgico (β-AR) em diferentes tipos de câncer. Objetivo: Este estudo teve como objetivo investigar as expressões de β1-AR e β2-AR e sua associação com variáveis psicológicas e clínico-patológicas de pacientes com carcinoma espinocelular (CEC) em boca. Métodos: Foram coletadas amostras tumorais de pacientes diagnosticados com câncer de boca. As amostras foram submetidas à reação imuno-histoquímica para detectar a expressão de β1-AR e β2-AR. As variáveis psicológicas foram avaliadas por testes psicológicos aplicados por um psicólogo antes de qualquer tratamento oncológico. Resultados: Um total de 99 amostras de CEC de boca foram incluídas. Análises univariadas revelaram que maior expressão de β1-AR foi associada a maior consumo de álcool (p=0,032), maior escolaridade (p=0,042), pior qualidade do sono (p=0,044) e maiores níveis de dor relacionadas ao tumor primário (p<0,001). Maior expressão de β2-AR foi associada, principalmente, a metástase regional (p=0,014), aumento dos níveis de dor relacionados ao tumor primário (p=0,044), sintomas ansiosos (p<0,001) e depressivos (p=0,010) e maior pontuação para humor raiva (p=0,010) e fadiga (p=0,010. A análise multivariada identificou o estadiamento clínico avançado como um fator independentemente associado à expressão de β1-AR (OR = 0.145, 95%, IC = 0.025-0.828, p=0.003), enquanto maior sintoma de ansiedade e maior humor fadiga são fatores independentes para a expressão de β2-AR (OR = 4.256, 95% IC = 1.439-12.606, p=0.009; OR = 3.816, 95% CI = 1.258-11.573, p=0.018, respectivamente). Conclusão: A expressão de β-ARs em CEC de boca é influenciada por características clinicopatológicas e variáveis psicológicos. Esses achados encorajam mais estudos para elucidar o mecanismo de atuação receptores adrenérgicos e sua expressão no câncer de boca.
Introduction: Physical and psychological stressors have been related to tumor progression through the activation of beta-adrenergic receptors (β-AR) in different types of cancer. Objective: This study aimed to investigate the expressions of β1-AR and β2-AR and their association with psychological and clinical-pathological variables in patients with oral squamous cell carcinoma (OSCC). Methods: Tumor samples were collected from patients diagnosed with oral cancer. The samples were submitted to immunohistochemical reaction to detect the expression of β1-AR and β2-AR. Psychological variables were assessed by psychological tests applied by a psychologist before any oncological treatment. Results: 99 oral SCC samples were included. Univariate analyzes revealed that higher expression of β1-AR was associated with higher alcohol consumption (p=0.032), higher education (p=0.042), worse sleep quality (p=0.044) and higher levels of pain related to the primary tumor (p<0.001). Higher expression of β2-AR was mainly associated with regional metastasis (p=0.014), increased levels of pain related to the primary tumor (p=0.044), anxious (p<0.001) and depressive symptoms (p=0.010) and higher scores for angry mood (p=0.010) and fatigue (p=0.010. Multivariate analysis identified advanced clinical staging as a factor independently associated with β1-AR expression (OR = 0.145, 95%, CI = 0.025-0.828, p=0.003). Higher anxiety symptoms and higher mood fatigue are independent factors for β2-AR expression (OR = 4256, 95% CI = 1439-12606, p=0.009; OR = 3816, 95% CI = 1258 -11,573, p=0.018, respectively) Conclusion: The expression of β-ARs in OSCC tumor are influenced by clinicopathological and psychological variables. These findings encourage further studies to elucidate the mechanism of action of adrenergic receptors and their expression in oral cancer.

Descrição

Palavras-chave

Tumores de cabeça e pescoço, Estresse psicológico, Receptores adrenérgicos beta, Head and neck neoplasms

Como citar