Caracterização do gene ERG11 envolvido na resistência de Cryptococcus neoformans e Cryptococcus gatti as drogas azólicas e identificação de novos alvos a partir de produtos naturais

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-02-15

Autores

Rossi, Suélen Andreia [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Nas últimas décadas, evidenciou-se aumento considerável de micoses de caráter invasivo e de difícil tratamento. A criptococose vem representando significativa causa de mortalidade, principalmente em indivíduos HIV positivos. É enfermidade causada por espécies de leveduras encapsuladas, Cryptococcus neoformans e Cryptococcus gattii, ambas as espécies constituindo-se nos agentes fúngicos mais frequentes a comprometer o sistema nervoso central (SNC). A disponibilidade de antifúngicos para a criptococose no mercado, atualmente é limitado, visto que em alguns casos, muitos deles são ineficientes e tóxicos. Além disso, adiciona-se também a diminuição de cepas sensíveis aos antifúngicos atuais, sendo um importante fator de complicação no tratamento dessas infecções. Neste estudo o gene ERG11 que codifica a proteína Lanosterol 14 C Desmetilase, alvo de fluconazol, de isolados clínicos seriados de C. neoformans recuperados de um paciente e um isolado de psitacídeo de C. gattii, que apresentaram valores de CIM elevadas (Concentração Inibitória Mínima) para o fluconazol, foi analisado. Para atingir este objetivo, os isolados clínicos sequenciais 26, 27 e 30 de um paciente do Rio de Janeiro, C. neoformans ATCC 90012 e o isolado do psitacídeo de C. gattii foram selecionados. O isolado C. gattii e os isolados 26, 27 e 30 de C. neoformans, caracterizados como sensível, intermediário e resistente in vitro a fluconazol, respectivamente, foram selecionados para análise de pontos de mutação na sequência do gene ERG11 através do sequenciamento dos produtos amplificados utilizando primers desenhados a partir da sequência do gene. A sequência do gene ERG11 do isolado 30 (resistente) apresentou um ponto de mutação e duas variações na sequência nucleotídica. A primeira, quando alinhada e comparada com a sequência do isolado 26 (sensível) e do gene de referência...
In the last decades, there was a considerable increase in invasive fungal infections of difficult treatment. Cryptococcosis has represented a significant cause of morbidity and mortality, especially among HIV positive individuals. It is a disease caused by encapsulated yeasts species, Cryptococcus neoformans and Cryptococcus gattii, both species becoming the most common fungal agents to compromise the central nervous system (CNS). The availability of commercial antifungals is currently restricted and many of them are ineffective and toxic. In addition, there was the emergence of resistant strains to the current antifungals and this is an important complicating factor in treating these infections. In this study, the ERG11 gene that encodes the protein alpha Lanosterol 14-demethylase, target of fluconazole of serial clinical isolates of C. neoformans recovered from a patient and an isolate of C. gattii of a parrot, which showed higher MIC values (Minimum Inhibitory Concentration) for fluconazole was analyzed. To achieve this goal, the sequential clinical isolates 26, 27 and 30 of a patient from Rio de Janeiro, C. neoformans ATCC 90012 and the isolate of C. gattii of the parrot were selected. Isolates 26, 27 and 30 susceptible (S), intermediate (I) and resistant (R) in vitro, respectively, and the isolation of C. gattii were selected for analysis of mutation points in the ERG11 gene sequence by sequencing of amplified products using primers designed from the sequence of the gene. The ERG11 gene sequence of isolate 30 (resistant) showed a mutation point and two variations in the nucleotide sequence. The first, when aligned and compared with the sequence of isolate 26 (susceptible) and the reference gene was significant and the other two changes were silent. When the sequence was translated into Lanosterol 14-alpha demethylase protein, we found that the mutation led to an amino acid exchange... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Cryptococcus neoformans, Microbiologia, Fungos, Maitenus sp, Pristimerina, Fungi

Como citar

ROSSI, Suélen Andreia. Caracterização do gene ERG11 envolvido na resistência de Cryptococcus neoformans e Cryptococcus gatti as drogas azólicas e identificação de novos alvos a partir de produtos naturais. 2011. 104 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, 2011.