Aspectos psicológicos no tratamento estético na Odontologia

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2016-06-27

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Em qualquer área da Odontologia, todo tratamento que envolva alterações na estética, só pode ser considerado bem sucedido se implica na satisfação do paciente com sua nova aparência. Para executar um tratamento estético de qualidade, o profissional deve possuir outras habilidades além da capacidade de diagnosticar e corrigir alterações funcionais, patológicas e estéticas: ele deve ter uma percepção apurada do ser na esfera psicossocial. Dentro desse contexto, o termo cuidar ganha o sentido de refletir, pensar, interessar-se por, preocupar-se e considerar. Na Odontologia, o cuidar humano é uma atitude ética, ensinada e desenvolvida durante a formação do acadêmico, o que permite uma relação profissional/paciente em que os sujeitos se percebem e reconhecem fortemente os direitos uns dos outros. O cuidado envolve o encontro empático entre o cuidador e o ser cuidado, na intenção da criação de um elo capaz de nortear as ações para o cuidado. O objetivo deste trabalho foi analisar a interface entre os fatores relacionados à estética e o acolhimento ao paciente na Odontologia

Descrição

Palavras-chave

Estética dentária - Aspectos psicológicos, Odontologia, Satisfação do paciente, Relações profissional-paciente, Esthetics, Dental

Como citar

GALLO, Paulo Roberto Pompeu. Aspectos psicológicos no tratamento estético na Odontologia. 2016. 28 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2016.