Prevenção de hábitos parafuncionais em crianças do ensino fundamental

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-08-09

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The etiology of TMD in children and adolescents is considered multifactorial and has been related to parafunctional habits.The objective of this research was to determine the prevalence of parafunctional habits in elementary school students of Colégio Ipê de Assis (Assis, SP - Brazil). In the present research was administered questionnaire on development of parafunctional activity. The sample was composed of 80 middle school students of the Colégio Ipê de Assis (Assis, SP - Brazil). All parents and responsible of the students received instruction about the research and preservation of identity and provide clarification if in doubt. Beyond that, they were requested to sign the informed consent in order to facilitate the participation of students. Females comprised 47,5% and males 52,5%, with age ranging from 10 to 14. The students were classified into two groups as follows: Group I-female, Group II- male. In addition, brazilian students from Groups I and II were classified according to type of oral habits presented. All students presented a parafunctional habit. Among the parafunctional habits chewing gum was the most common in both groups (72.2%, Group I and 78.5%, Group II) followed by resting chin on hand for both genders (69,5% for Group I and 67% for Group II). Tongue biting (5%) was less founded in Group II and stomach sleeping in Group I. The results obtained show the necessity of carring out preventive programs. Beside, resources of Health should increase preventive treatments
Resultado da interação de mecanismos genéticos, hormonais e neurológicos, o crescimento craniofacial sofre ainda influência da ação do meio ambiente e da função. As variações das funções normais de respiração, mastigação, deglutição, sucção e fonação, podem, devido à sua interdependência morfofuncional com o crescimento da face, resultar em má oclusões, as quais exercem papel determinante na conformação óssea e neuromuscular do sistema estomatognático. A prevenção e interceptação dos hábitos parafuncionais é de fundamental importância para o desenvolvimento físico e emocional da criança. O propósito deste trabalho foi determinar a prevalência de hábitos parafuncionais em alunos do ensino fundamental do Colégio Ipê de Assis (Assis, SP). Para tanto foi aplicado questionário sobre desenvolvimento de atividade parafuncional. O universo e a amostra foram compostos pelos 80 alunos do ensino fundamental do Colégio Ipê de Assis (Assis, SP). Todos os responsáveis pelos alunos receberão instrução a respeito da pesquisa quanto à preservação de identidade e prestação de esclarecimentos em caso de dúvida. Ademais, foi solicitado que assinem termo de consentimento esclarecido, a fim de viabilizar a participação dos alunos da referida escola. Os alunos (10-14 anos) foram classificados em dois grupos: Grupo I - gênero feminino (48 alunas) e Grupo II - gênero masculino (32 alunos).. Além disso, os Grupos I e II foram classificados segundo as séries em curso e os hábitos bucais apresentados. Entre os hábitos parafuncionais detectados, mascar chiclete foi o hábito mais prevalente para ambos os grupos (72,2% no Grupo I e 78,5% no Grupo II) e em todos os anos, seguido de apoiar queixo/cabeça sobre as mãos (69,5% para o Grupo I e 67% para o Grupo II). Morder a língua foi o hábito menos prevalente no Grupo II e dormir de bruços no Grupo I

Descrição

Palavras-chave

Sistema estomatognático, Criança, Puberdade, Stomatognathic system

Como citar

SILVEIRA, Brunno Augusto Sousa Valim. Prevenção de hábitos parafuncionais em crianças do ensino fundamental. 2013. 47 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2013.