Imaginário social de professores sobre a inclusão de alunos com altas habilidades

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)
Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD UNESP)

Resumo

Objetivamos discutir a formação docente para trabalhar com alunos altas habilidades (AH) a partir do imaginário social de professores. Participaram 59 coordenadores da rede municipal de ensino de Marília. O instrumento de coleta de dados foi a escala de Mushoriwa. As respostas foram analisadas quantitativamente. Os professores demonstraram pensar em inclusão escolar e social. Não há consenso sobre limitações ou não do desempenho acadêmico do AH. Há divergência sobre o que imaginam a respeito de piorar os problemas de aprendizagem dos AH. Na sua maioria, Concordam inteiramente ou parcialmente, que aumentará a oportunidade de outros alunos se beneficiarem da instrução especializada dada aos AH. Há uma tendência mais em concordar que em discordar de que a inserção do aluno AH desenvolverá um sentimento mais forte de confiança na sua habilidade acadêmica. Concordam inteiramente ou parcialmente que garantirão que os demais alunos serão compreensivos com os AH. Um número expressivo acredita que não compreenderão totalmente os problemas associados às AH. Há contradição nas respostas dadas nos enunciados 12 (discordam, em sua maioria, totalmente ou mais ou menos que não irão prover assistência educacional adequada ao aluno AH) e 13 (um numero expressivo, discordam mais ou menos ou discordam inteiramente quanto a estarem preparados para ensinar efetivamente o aluno AH). Há oscilação sobre se ficarão felizes por terem aluno AH/SD em suas salas. Há necessidade de formação na área.

Descrição

Palavras-chave

Altas habilidades, Formação docente, Inclusão

Como citar

CONGRESSO ESTADUAL PAULISTA SOBRE FORMAÇÃO DE EDUCADORES, 11.; CONGRESSO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES, 1., 2011, Águas de Lindóia. Por uma política nacional de formação de professores... São Paulo: UNESP; PROGRAD, 2011. p. 5023-5034